Wal-Mart recolhe carne de burro contaminada na China

O Wal-Mart Stores recolheu carne de burro vendida em algumas lojas da China, após testes mostrarem que o produto continha carga genética, ou DNA, de outros animais, informou a empresa nos Estados Unidos. A Shandong Food and Drug Administration disse mais cedo que o produto continha carne de raposa. O Wal-Mart vai reembolsar os clientes que compraram a carne de burro “Five Spice” contaminada e está ajudando a indústria alimentar e agências locais na província de Shandong a investigar seu fornecedor chinês.

walmart china

O escândalo poderia afetar a reputação do Wal-Mart no mercado de alimentos chinês avaliado em US$ 1 trilhão, onde planeja abrir 110 novas lojas nos próximos anos. O Wal-Mart tem aumentado suas práticas de segurança alimentar na China desde o escândalo de 2011, quando funcionários dos supermercados da cidade de Chongqing foram acusados de vender porco regular como carne orgânica, que é mais cara. O incidente levou ao encerramento temporário de 13 lojas, a prisão de dois funcionários, a detenção de outros 35, e uma multa de 3,65 milhões de yuans (US$ 575 mil).

Carne de burro é um petisco popular em algumas áreas da China, apesar de representar apenas uma pequena fração do consumo total de carne. Em 2011, a China abateu 2,4 milhões de burros, de acordo com o anuário da indústria pecuária do país.

fonte: Jornal Valor Econômico – matéria na íntegra

, , , , , ,

  1. #1 por Curiosidadesint em janeiro 5, 2014 - 9:00 am

    Reblogged this on Curiosidades na internet.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: