Arquivo de 9 abril, 2014

Deputados liberam comercialização de inibidores de apetite

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (8) Projeto de Decreto Legislativo 1.123/13, que susta decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que proibiu, em 2011, a produção e a comercialização de remédios inibidores de apetite.

A Resolução 52/11 proíbe a venda dos inibidores de apetite anfepramona, femproporex e mazindol e cria restrições severas à sibutramina. O texto segue agora para o Senado.

A proibição atinge diversos medicamentos usados no tratamento da obesidade. Ao proibir o uso dos medicamentos, a Anvisa argumentou que não foram apresentados estudos clínicos que comprovassem a sua eficácia .

A votação dividiu o plenário. A maioria dos partidos liberou a bancada para a votação. O deputado Henrique Fontana (PT-RS), médico de formação, se posicionou contra a aprovação da proposta. Para Fontana, o Parlamento não tem condições técnicas para tomar tal decisão.

sibutramina-comercial Leia o resto deste post »

, , , , , ,

Deixe um comentário

Sun Pharmaceutical compra Ranbaxy por cerca de 3,2 bilhões de dólares

Fonte: Dikajob Pharma Networking (matéria na íntegra)

A Sun Pharmaceutical anunciou que vai adquirir a Ranbaxy Laboratories, sob um acordo que engloba a compra de todas as ações drugspor um valor de aproximadamente 3,2 bilhões de dólares. A Daiichi Sankyo, que detém atualmente 63,4 por cento da Ranbaxy, concordou em apoiar a transação e vai manter uma participação de cerca de 9% na empresa resultante da fusão com o direito de nomear um diretor para o conselho de administração da Sun Pharma.

Dilip Shanghvi, diretor da Sun Pharma, disse que “a Ranbaxy tem uma presença significativa no mercado farmacêutico indiano e nos EUA”, acrescentando que ” fornece uma plataforma forte nos mercados emergentes de alto crescimento”.

Sob os termos do acordo, os acionistas da Ranbaxy vão receber 0,8 ações da Sun Pharma por cada ação que detêm atualmente. As empresas referiram que a relação de substituição representa um valor de 457 rúpias (7,60 dólares) para cada ação da Ranbaxy, um prêmio de 24,3 por cento para o preço médio de 60 dias da empresa.

Leia o resto deste post »

, , , , ,

1 comentário

%d blogueiros gostam disto: