Arquivo para categoria Dispositivos para Endoscopia Terapêutica

OPMED – Congresso Nacional de OPME, em Riberão Preto

logo-opmed-site

O OPMED – CONGRESSO NACIONAL DE OPME UNIMED, em sua 3ª edição, reúne importantes nomes do segmento de Órtese, prótese e materiais especiais. O encontro tem o principal intuito de fomentar novas ideias para o segmento que movimenta, aproximadamente, mais de 14 bilhões de reais por ano. A ACS está no estande da Suprimed, participando deste evento. Juntas, Suprimed e ACS levam aos participantes do Congresso informações sobre o sistema PillCam (Medtronic) de cápsula endoscópica. O Congresso está acontecendo em Ribeirão Preto e vai de hoje até sábado.

Maiores informações, clique AQUI

, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Hospital do Câncer de Barretos inaugura unidade em Campinas (SP)

unnamed-6bglsa1

O Hospital do Câncer de Barretos inaugurou recentemente sua unidade em Campinas, o Instituto de Prevenção do Câncer. Com o objetivo de atender 300 pacientes/mês, nasce de um compromisso firmado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) no caso Basf/Shell, relativo à contaminação em Paulínia que afetou cerca de mil trabalhadores da empresa.

No Instituto serão realizados exames de papanicolau, mamografias, consultas e cirurgias de menor complexidade. O centro de diagnóstico terá centro cirúrgico com duas salas para procedimentos, consultórios, salas de coleta de papanicolau, salas para ultrassom, para exames e biópsias de mama, salas de treinamento e videoconferência, salas para realização de mamografias com equipamento digital, e sala de biópsia de mama equipada com mesa de estereotaxia.

Para funcionar, a unidade dependerá de recursos vindos do SUS, de doações e de um convênio com a Prefeitura de Campinas, que ainda está sendo negociado. Posteriormente, serão colocadas em funcionamento cinco carretas, sendo quatro destinadas a exames preventivos e uma para campanhas educativas itinerantes.

, , , , , , ,

Deixe um comentário

IRCAD America Latina agora também no Rio de Janeiro

O IRCAD, maior centro de treinamento em cirurgias minimamente invasivas, vem proporcionando o treinamento de muitos cirurgiões latino americanos em sua atual sede, em Barretos (São Paulo). Com o intuito de proporcionar ainda mais oportunidades para esses profissionais, inaugurou no dia 30 de junho outro centro de treinamento no Brasil, localizado em um complexo de hospitais na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

O novo centro de treinamento vai funcionar em conjunto com a sede em Barretos (SP), de maneira a ampliar suas especialidades no país, garantindo que ainda mais cirurgiões sejam capacitados aqui e em todo o mundo. A previsão é que mais 40% do movimento seja de médicos estrangeiros. O instituto também estabeleceu irmandade com o UnitedHealth Group. Os primeiros cursos estarão com matrículas abertas a partir do segundo semestre de 2017.

ircad

Segundo o presidente do IRCAD, Jacques Marescaux, em entrevista à revista do IRCAD, a nova unidade tem como principal objetivo maximizar o número de treinamentos na América Latina e, consequentemente, a qualidade dos tratamentos oferecidos aos pacientes, suprindo a demanda do continente, mesmo com os altos números da sede em Barretos, que acumula mais de 6 mil cirurgiões treinados. “Acho impossível que um só centro consiga treinar todos os cirurgiões do continente. Quando analisamos a perspectiva do Armando Melani (diretor científico do IRCAD) e do Henrique Prata (diretor do Hospital de Câncer de Barretos), sabemos que elas são oferecer grandes benefícios para os pacientes. Isso só é possível se possibilitarmos que os cirurgiões da América Latina tenham acesso ao que existe de mais avançado na cirurgia minimamente invasiva”, afirma Marescaux.

Segundo Armando Melani, Diretor Científico do IRCAD, das especialidades já confirmadas em breve iniciam-se no Rio de Janeiro cursos em ginecologia, como endometriose e mioma, e também áreas da cirurgia digestiva, abrangendo casos de refluxo, cirurgia bariátrica, vesícula e hérnias abdominais. Especialidades não relacionadas à cirurgia geral também estão inseridas na grade de cursos. Entre elas, as ortopédicas, radiologia intervencionista e trauma, além de outras que abrangem procedimentos como próteses e implantes. Ou seja, abordagens ainda não oferecidas em Barretos, com foco em robótica e cirurgia vascular.

O IRCAD Rio de Janeiro está localizado no Américas Medical City,  Av. Jorge Curi, 550 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro/RJ

fonte: Revista IRCAD 2017

, , , , , ,

Deixe um comentário

DRGE – mudanças na dieta melhoram sintomas. Novidade?

tradução e adaptação: Daniel Souza

Para quem sofre com o Refluxo Gastresofágico (DRGE), existem algumas recomendações relativas à rotina alimentar as quais, por mais conhecidas que sejam, recordá-las nunca é demais.

Em recente artigo, a Nutricionista Stefani Pappas (St. Francis Hospital, NY) defende que mudanças na dieta podem aliviar em muito os sintomas do Refluxo Gastroesofágico (DRGE). Ela pondera que o tratamento medicamentoso, às vezes, se faz necessário, mas que tratar o problema sob o ponto de vista nutricional pode trazer bastante conforto ao paciente.

DRGE

Hortelã, pimenta e frituras – lindo prato, mas uma verdadeira “viúva negra” para quem sofre com a DRGE

Segundo Pappas, alimentos fritos e gordurosos são um veneno, por isso sugere que as batatas sejam cozidas ao invés de fritas. O leite integral deve ser evitado, bem como carnes processadas. Recomenda evitar também alimentos de teor ácido, que exacerbam a DRGE, tais como laranja, limão, abacaxi, salsa e tomate (inclusive molhos). Aos chocólatras e “cafezólatras”, más notícias. O chocolate e o café possuem respectivamente Metilxantina e a já bem conhecida Cafeina, ambos estimuladores do relaxamento do esfíncter esofágico inferior, contribuindo para a DRGE. Doces ou alimentos à base de menta e temperos picantes (a base de pimenta) também colaboram para o aumento do refluxo. E, por fim, o que não é segredo, evitar bebidas alcoólicas.

Na lista dos alimentos altamente recomendáveis, Pappas sugere farinha de aveia (rico em fibras e capaz de absorver ácidos do estômago, reduzindo os sintomas do refluxo), pães e arroz integrais. Melão, banana, maçã e pêra também são amigos do seu estômago. Na lista de carnes entram frango, peru e os peixes (carnes magras), desde que cozidos e com baixo teor de gordura no processo. Abacates, nozes e todo alimento composto de gorduras saudáveis pode ajudar.

Outras recomendações úteis preconizadas pela Dra. Stefani Pappas acompanham o tratamento: após a refeição, permanecer ereto por duas horas, mastigar demoradamente os alimentos, bem como modificar o ângulo do travesseiro quando for deitar, algo em torno de 15 a 20 centímetros.

fonte: Gastroenterology & Endoscopy News

, , , ,

Deixe um comentário

Todo o sonho se materializa a partir de uma ideia – Clínica Mestieri

por Daniel Souza

A materialização de um sonho começa com uma ideia, sempre acompanhada de muita luta e planejamento. Não é novidade que empreender, em nosso país, é quase como dirigir em uma estrada sem sinalização, com neblina, curvas perigosas e com um limpador de para-brisas que, por melhor que seja, nem sempre dá conta. Mérito dobrado para profissionais que, apesar de tantas incertezas, põem em marcha seus sonhos. Assim tem sido com Luiz Henrique Mestieri, Médico Endoscopista formado em medicina pela PUC/SP, cursando Doutorado em Tratamento Endoscópico da Obesidade pela USP e sócio-proprietário da Clínica Mestieri (Salto, Interior de São Paulo).

Luis Mestieri

Dr. Luis Mestieri – efetividade e empatia desde o primeiro contato com o paciente

A Clínica oferece consultas nas áreas de Gastrenterologia, Cirurgia Geral, Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia, Cirurgia do tórax, Cirurgia da Obesidade (bariátrica), Hematologia e Hemoterapia, biópsias de medula óssea, bem como exames de Endoscopia Digestiva Alta, Colonoscopia, CPRE, Cápsula Endoscópica e tratamento endoscópico da obesidade (balão intragástrico, plasma de argônio e sutura endoscópica). Como suporte à parte de obesidade, uma nutricionista e uma psicóloga são encarregadas de dar todas as orientações e acompanhamento pertinentes.

O sonho de ter a própria clínica surgiu há cerca de 5 anos, quando, juntamente com a Dra. Bruna Mestieri, Dr. Luiz tomou a decisão de montar um espaço onde o paciente se sentisse, sobretudo, acolhido pelo conforto de um lugar agradável e que lembrasse a própria casa. “Primamos pela afetividade e empatia desde o primeiro contato com o paciente. Queremos receber bem quem tem uma necessidade específica e está, na grande maioria das vezes, ansioso e com medo de um diagnóstico ruim. Essa é a nossa marca”, afirma Mestieri.

O olhar atento às novas técnicas, tecnologias e procedimentos, permite à Clínica Mestieri apresentar ao paciente soluções cada vez mais inovadoras.  É o caso do exame de cápsula endoscópica, novidade recém implementada. Novidade na região, permite estudar e diagnosticar doenças do intestino delgado e grosso por meio da ingestão de uma cápsula. Exame não invasivo, a Cápsula Endoscópica veio como mais um recurso resolutivo para o médico e mais um conforto ao paciente.

Ciente de que a Endoscopia há muito deixou de ser um terreno puramente diagnóstico, com intensos investimentos em pesquisa, tecnologia e novos protocolos, Luis Mestieri aposta fortemente na atualização dos médicos e funcionários da clínica como forma de diferenciação.

Ainda segundo Mestieri, “Não há sucesso sem dedicação e uma equipe especializada. Desde a atitude da recepcionista, passando pela enfermeira que explica cada detalhe de cada procedimento feito, até chegar no médico. O paciente percebe tudo atentamente e, apesar de estar vulnerável, não se conforma com menos. Queremos que nossos pacientes voltem, trabalhamos para isso.”

Como ex intercambista do Rotary Club e voluntário em prontos-socorros de São Paulo, Luiz Mestieri sabe muito bem o valor do acolhimento. “Estas experiências me marcaram, pois aprendi a importância de entender o ser humano na forma e no meio em que ele vive. Isso permite exercer a medicina da forma mais humana possível, estando próximo ao paciente”, acrescenta.

Salto, cidade pacata, considerada estância turística, a 105km da capital paulista, possui 115 mil habitantes e um passado industrial de respeito. Grandes corporações como Eucatex, a multinacional Fedrigoni (fabricante do papel moeda onde são impressas as cédulas de nossa moeda corrente) e a Matriz das Lojas Cem estão na cidade e garantem milhares de empregos. Porém o que realmente tem destacado a região nos últimos 30 anos é o crescimento do setor de serviços. A Clínica Mestieri acompanha essa transição e se coloca como opção de ponta para um público cada vez mais exigente. Ótima notícia para os pacientes.

, , , ,

Deixe um comentário

Mutirão de Prevenção de Câncer Colorretal – 9ª edição foi no Hospital do Câncer de Barretos

No sábado, dia 25 de março de 2017, em Barretos (SP), esteve em ação o 9º Mutirão promovido pela SOBED (Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva), para a prevenção do câncer colorretal.

O Mutirão atendeu 50 pacientes encaminhados do Sistema Único de Saúde com idade entre 50 e 65 anos, com resultado positivo na pesquisa de sangue oculto nas fezes (FIT) e que não fazem parte de nenhum grupo de risco para a doença.

WhatsApp Image 2017-03-25 at 08.53.38

(da dir. para a esq. Dr. Tomazo Franzini, Dr. Lix Oliveira, Dra Kelly Menésio e Andréa Souza (ACS-Boston Scientific). Mobilização pela prevenção do Câncer de Cólon.

Sob a coordenação do Dr. Lix Alfredo Reis de Oliveira (Presidente da Comissão de Rastreamento e Prevenção do Câncer Colorretal da SOBED), foram mobilizadas cinco salas de procedimentos e uma equipe de cerca de 20 profissionais, subdividida entre estas salas. Os médicos atuantes em cada uma das salas foram o Dr. Lix Oliveira, Dr. Tomazo Franzini, Dr. Gilberto Fava, Dr. Jairo Silva Alves, Dr. Júlio Cesar Lobo, Dr. Ronaldo Taam, além da equipe do próprio Hospital do Câncer, Dra. Dra. Denise Peixoto Guimarães (membro da Comissão de Mutirões e Prevenção de Câncer Colorretal da SOBED). Dra. Kelly Menésio e demais médicos do corpo clínico.

WhatsApp Image 2017-03-25 at 10.22.16

Dr. Lix de Oliveira fala aos parentes do pacientes sobre como prevenir o Câncer Colorretal

Em breve palestra para acompanhantes dos pacientes, Dr. Lix afirma que o Câncer Colorretal é a 2ª causa de morte por câncer no mundo para a mulher e a 3ª causa para o homem Perdem apenas para Câncer de Pulmão e Mama), o que reforça o caráter de prevenção dos mutirões.

Ainda, segundo Lix, em entrevista ao site da SOBED, “Incluímos estes pacientes em programa de acompanhamento. Após o evento, passarão por novas colonoscopias dentro do prazo previsto por diretrizes internacionais. Se um câncer é diagnosticado, encaminhamos para tratamento. Usamos o Mutirão como uma ferramenta que nos permite identificar lesões pré-malignas e o câncer precocemente, aumentando a chance real de cura”.

Em um ano e meio, além de Barretos, o Mutirão SOBED já passou pelas cidades de Campinas, Maceió, Rio de Janeiro, Goiânia, Curitiba e Campo Grande. O próximo será na cidade de Vitória (ES).

Apoiam os evento com dispositivos e equipamentos, respectivamente, as empresas Boston Scietific (representada, no evento de Barretos, pela ACS Gestão de Negócios) e Fujinon.

, , , ,

1 comentário

Dr. Tomazo Franzini – aprovado em sua Tese de Doutorado.

Texto na íntegra do dite da SOBED

tomazo

No último dia 6 de dezembro, Dr. Tomazo Franzini, diretor de sede da SOBED, apresentou sua defesa de tese de doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Após muita dedicação no desenvolvimento da experiência nacional com o dispositivo SpyGlass (Boston Scientific), o resultado não poderia ter sido outro: aprovado. A atividade aconteceu no Anfiteatro Farmacologia, da  FMUSP, e foi prestigiada por diversos médicos de São Paulo e outros estados, como os Drs. Ramiro Mascarenhas, Sylon Ribeiro de Brito Junior, Antônio Carlos Conrado, Edvaldo Fraga e Olympio Meirelles.

tomazo-2

Tomazo Franzini teve como orientador o professor Eduardo Guimarães Hourneaux de Moura e o tema escolhido para tese foi “Colangioscopia de operador único versus papilotomia associada à dilatação ampla da papila no tratamento dos cálculos biliares complexos: estudo clínico randomizado”. A aprovação foi concedida pela renomada banca: Prof. Adhemar Pacheco Jr., Prof. André Montagnini, Prof. Paulo Sakai e Prof. Marcelo Ribeiro Jr.

, , , , ,

Deixe um comentário

Cássio Roberto Bossi

Consultoria em Gestão Financeira

ACS Infoco Saúde

Newsletter Informativa da ACS Gestão de Negócios

Juliana Lima

Newsletter Informativa da ACS Gestão de Negócios

CURIOSIDADES NA INTERNET .COM

Do not waste time, we look for you the news ...

%d blogueiros gostam disto: