Posts Marcados given imaging

Primeiro Curso de Enteroscopia por Cápsula Endoscópica

Nos dias 22 e 23 de março de 2013, a SOBED (Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva) promoverá o 1º Curso de Formação em Enteroscopia por Cápsula Endoscópica. O curso está sob a Coordenação do Dr. Professor José Inácio Sanseverino e irá se realizar na Santa Casa de Porto Alegre/RS. Aos interessados em inscrições para esse curso, entrar em contato com a Central de Ensino da Santa Casa – veja dados de contato clicando AQUIImagem.

, , ,

Deixe um comentário

Estudo Intertek compara performances entre Cápsulas Endoscópicas

imagesO exame realizado por meio de Cápsula Endoscópica é mundialmente utilizado e milhares de estudos atestam sua efetividade na visualização e diagnóstico de lesões do trato gastrointestinal. Cada vez mais reconhecido como um exame benéfico tanto para o médico quanto para o paciente, o nome formal do procedimento é “Enteroscopia do Intestino Delgado com Cápsula Endoscópica” (CBHPM de 2010 sob o código 4.02.01.34 -1 e lista TUSS da ANS, anexo da IN/DIDES nº 44, sob o código 40201341). Além de ser um exame muito confortável para o paciente, proporciona ao médico uma ampla gama de possibilidades diagnósticas.

Mas para que os benefícios sejam efetivos a que se provar a qualidade e a confiabilidade da tecnologia utilizada. E esta comprovação, científica, existe. A Intertek, empresa britânica de atuação global, estudou as três tecnologias disponíveis atualmente (PillCam, Mirocam e Olympus). O estudo, de 2010 (abaixo), comprovou que os dados de performance referentes a ângulo de visão e cobertura de mucosa da PillCam se mostram bastante superiores aos de tecnologias concorrentes. No quesito Cobertura da Mucosa a diferença chega a ser 3 vezes superior. 

+ Field of view was measured per the ISO 8600 standardTesting performed by Intertek, an ISO-certified. third-party testíng facility++ Mucosal coverage area per image results from several factors including field ofview,target curvature, working distance. and software image interpretation

+ Field of view was measured per the ISO 8600 standard
Testing performed by Intertek, an ISO-certified. third-party testíng facility
++ Mucosal coverage area per image results from several factors including field ofview,
target curvature, working distance. and software image interpretation

acesse outros estudos clicando aqui (Given Wesite)

, , , , , ,

Deixe um comentário

Dr. Kaiser Júnior fala em entrevista sobre os benefícios da Cápsula Endoscópica

Dr Kaiser Junior

Alta tecnologia com mais conforto para o paciente

 Cápsula com microcâmera evita desconforto da endoscopia

Para quem não é muito fã da ideia de se submeter a uma endoscopia pelos métodos convencionais, agora já é possível realizar o mesmo exame engolindo apenas uma cápsula. Isso mesmo, uma pequena cápsula que carrega em seu interior uma microcâmera faz todo o serviço que, até então, era feito por meio de cânulas – que além de exigirem anestésico, também geram desconforto enorme, seja qual for o trajeto que elas vão percorrer, na traqueia ou no reto. O equipamento que faz uso da cápsula endoscópica – como é chamada – acaba de ser adquirida pelo Cirurgião Geral Roberto Luiz Kaiser Júnior, de Rio Preto, e com ela poderá realizar exames a exemplo dos que já são oferecidos em São Paulo e em outros centros médicos do País.

O médico explica que a técnica substitui exames tradicionais, com a vantagem de ser mais eficiente. É considerada pelos especialistas como a melhor forma de examinar o intestino delgado, local de difícil acesso, por ficar no meio do aparelho digestivo e ter o comprimento de 5 a 7 metros. A técnica representa uma revolução por auxiliar na identificação e análise de possíveis lesões em fase inicial. “A cápsula endoscópica, guiada à distância, envia imagens para o computador com alta nitidez, e a sensação é que o próprio médico está vendo o caminho dessa viagem”, afirma Kaiser Jr. Ao concluir o trajeto todo, a mesma é eliminada pelas fezes.

Diferentes diagnósticos

O cirurgião rio-pretense observa que além do procedimento ter eficiente aplicação na investigação de sangramento digestivo oculto também está indicado para auxiliar a achar anemia de difícil diagnóstico, tumores, diarreias crônicas e rastreamento, e prevenção de câncer de cólon e pólipos. Pode identificar também a doença de Crohn, uma das principais enfermidades inflamatórias intestinais, e a doença celíaca, que revela pessoas intolerantes aos alimentos com glúten.”Sempre buscamos o que há de mais inovador, ferramentas que aumentem o grau de precisão dos exames e diminua o desconforto do paciente. Com a cápsula endoscópica, o paciente não precisa passar por cirurgia e os resultados alcançados são mais claros”, diz o médico.

Estudo espanhol atesta eficácia

Em recente estudo publicado pela Revista Española de Enfermedades Digestivas (REED), pesquisadores da Universidade de Coimbra, que acompanharam 620 pessoas durante sete anos, concluíram que o uso das cápsulas é sem dúvida o melhor meio para realizar a avaliação do intestino delgado.

Na verdade, a cápsula endoscópica vem sendo avaliada desde que foi apresentada, em 2000, e hoje os especialistas garantem que ela revolucionou a abordagem sobre patologias do intestino delgado. O estudo mostrou que a cápsula é atualmente uma ferramenta de primeira linha de diagnóstico de sangramento gastrointestinal obscuro para diagnosticar desde doença de Crohn a tumores do intestino delgado e outras anormalidades deste intestino. O estudo mostrou ainda que o procedimento com a cápsula é considerado pelos especialistas como seguro e bem tolerado. Porém, alertam para o fato de ser contraindicado se existir alguma suspeita gastrointestinal de obstrução, tais como estenose da fístula – um orifício – ou doença de Crohn extensa, transtornos de engolir, anormalidades do trato gastrointestinal superior (divertículos do esôfago, incluindo Zenker, hérnia de hiato grande) e gestação. Fora isso, o único impedimento pode ser financeiro, já que para se submeter a técnica é preciso pagar em média R$ 3 mil, uma vez que ainda não está disponível no Sistema Único de Saúde, ou liberada pelos convênios.

Câncer de intestino

O especialista em doenças do intestino, o cirurgião geral João Gomes Netinho,de Rio Preto, observa que diferente de outros tipos de câncer, o de intestino ou cólon- como também é chamado- tem importante fator genético envolvido. Portanto, quanto antes for diagnosticado, mais chances de intervenção precoce. “Indivíduos com histórico de câncer ou pólipos intestinais na família devem começar os exames de prevenção mais cedo”, diz o médico, que é também professor da Faculdade de Medicina de Rio Preto.

Outro grupo de risco são os indivíduos portadores de inflamações no intestino, como a colite ulcerativa ou a doença de Crohn. Nesses casos, é comum que as áreas afetadas do cólon apresentem células desenvolvimento anormal, podendo evoluir para células cancerosas, e é nestes casos que o uso da pílula endoscópica ainda não tem indicação, segundo o estudo europeu.

fonte: matéria na integra blog diárioweb mobile (Cecília Dionízio)

, , , , , , ,

Deixe um comentário

Given Imaging compra a Smartpill Corporation

A Given Imaging, pioneira e líder mundial na tecnologia de Cápsulas Endoscópicas (clique aqui para saber mais), adquiriu recentemente a Smartpill Corporation. A empresa, com base na cidade de Buffalo (New York, EUA), desenvolveu um sistema de cápsulas que permite medir o PH, a temperatura e a pressão do trato digestivo, tudo num único exame. Esta tecnologia é extremamente importante no tratamento das gastroparesias (lentificação na passagem de alimentos pelo estômago, sem bloqueio) e da constipação (prisão de ventre). Esta união certamente amplia o portfólio de soluções oferecidas pela Given aos médicos Endoscopistas.

Da mesma forma que os demais produtos comercializados pela Given Imaging, o Smartpill permite que o paciente possa retornar para casa e ter uma rotina praticamente normal, enquanto faz seus exames.

Para saber maiores informações sobre este tema, clique aqui.

, , , , ,

Deixe um comentário

Dia do Endoscopista – 25 de julho

Em 2010, foi instituído o dia 25 de agosto como o dia do Endoscopista. A Endoscopia evoluiu absurdamente desde sua fase rígida (todo o século 19 até 1932). Antigamente, o bicho pegava, era uma coisa bárbara – o que existia era rudimentar demais e o uso de tubos rígidos, iluminados apenas com uma pequena chama (fogo nas entranhas mesmo), espéculo retal e outros horrores eram comuns. Os resultados eram bem limitados e os riscos, enormes. Hoje, a endoscopia é um exame super tranquilo, seguro e que ajuda no tratamento e prevenção de um sem número de doenças. A endoscopia hoje não é só diagnóstica, mas também terapêutica e uma forte aliada do médico e do paciente, pois muitas vezes evita cirurgias invasivas e arriscadas.

Há pouco mais de uma década, outro grande avanço da endoscopia contribuiu para a melhoria no diagnóstico e tratamento das doenças do aparelho digestivo. A pesquisa e a tecnologia transformou em realidade o que até há pouco tempo parecia ficção científica: a chegada da Cápsula Endoscópica. O seu aparecimento permitiu um diagnóstico mais preciso, mostrando-se fundamental para que o Endoscopista possa indicar o tratamento mais adequado. Esse breve histórico prova que a inovação não parou por aí.

, , , , , ,

Deixe um comentário

Clínica Bragalha realiza exames com Cápsulas PillCam

A Clínica Bragalha, localizada em Piracicaba (São Paulo), oferece em seu porfólio de Exames a realização de exames com Cápsulas Endoscópicas PillCam. Com esta nova proposta, se torna pioneira na realização deste tipo de serviço a seus clientes naquela região.

Em junho de 2012, foi realizado o treinamento básico para a realização de Exames de Cápsula Endoscópica PillCam. Neste treinamento, Itamar Carrijo, Gerente Comercial e de Treinamento da Given Imaging do Brasil, mostrou detalhes sobre a preparação do paciente, do equipamento e do uso do software na leitura dos exames.

Existem hoje mais de 1200 publicações no mundo que asseguram o papel do sistema de cápsulas PillCam como um importante exame complementar à Endoscopia Diagnóstica e Terapêutica tradiconalmente praticada.

Os médicos responsáveis pela realização destes exames são o Dr. Ricardo Tedeschi, Dr. Cláudio Bragalha e Dr. Wellington Assis, certificados pela SOBED na realização do Exame de Cápsulas Endoscópicas PillCam.  Para saber mais sobre este serviço, entre em contato com Maria José, no telefone (19) 3432.2650

, , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: