Posts Marcados Novartis

Anvisa aprova medicamentos para câncer de mama e asma grave

Publicado em 01/08/2018, Por Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil/Brasília (matéria na íntegra)

Capturar

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou dois novos medicamentos: o Kisqali (succinato de ribociclibe), indicado para o tratamento de câncer de mama localmente avançado ou metastático em mulheres na pós-menopausa; e o Cinqair (reslizumabe), indicado como terapia adjuvante de manutenção em pacientes adultos com asma grave.

De acordo com a Anvisa, o Kisqali será comercializado na forma de comprimido revestido, com concentração de 254,4 miligramas (mg) de succinato de ribociclibe (200 mg de ribociclibe), fabricado pela empresa Novartis Singapore Pharmaceutical Manufacturing PTE. LTD, em Cingapura. A detentora do registro no Brasil é a Novartis Biociências S.A.

Já o Cinqair (reslizumabe) está enquadrado na categoria de produto biológico novo e é indicado, por exemplo, quando o quadro clínico for inadequadamente controlado com o uso de corticosteroides inalatórios, em doses médias a alta, associado a outro medicamento para tratamento de manutenção.

O Cinqair (reslizumabe) não deve ser utilizado para tratar os sintomas agudos da asma ou exacerbações agudas. Também não é indicado para o alívio de broncoespasmos agudos ou estado de mal asmático”, informou a agência. O produto será fabricado pela Lonza Biologicals Inc., nos Estados Unidos, e a detentora do registro no Brasil é a empresa Teva Farmacêutica Ltda.

, , , , , ,

Deixe um comentário

Pfizer confirma interesse em comprar AstraZeneca

pfizer

A farmacêutica norte-americana Pfizer confirmou, esta segunda-feira, estar interessada em adquirir a rival britânica AstraZeneca,negócio que, a concretizar-se, seria o maior de todos os tempos no setor farmacêutico, informa o jornal Público.

Numa declaração oficial, a Pfizer admite que deu informou do seu interesse pela AstraZeneca em Janeiro, mas a farmacêutica recusou a avançar com as negociações. Seguiram-se, então, várias reuniões, sem resultados concretos. Em 26 de Abril, a Pfizer voltou a abordar a empresa que, uma vez mais, declinou a proposta.

A proposta de aquisição surge numa altura em que a atividade de fusões e aquisições na Europa regressou em força este ano, com crescimentos de 60% em comparação com 2013. Este mercado já terá movimentado 217 bilhões de euros e, no setor farmacêutico, a operação mais recente juntou a Novartis ao negócio de medicamentos oncológicos da GlaxoSmithKline, numa operação avaliada em 16 bilhões de dólares, cerca de 11.600 bilhões de euros.

A transação faz parte de um acordo mais vasto entre as duas empresas (das maiores do mundo) e inclui a compra, pela GlaxoSmithKline, do negócio de vacinas da Novartis.

fonte: Público

, , , ,

Deixe um comentário

Biomedicamentos – o presente e o futuro do mercado farmacêutico

O mercado farmacêutico mundial vem passando por sucessivas transformações ano após ano e as principais mudanças gravitam em torno de alguns divisores de águas: expiração das patentes de grandes marcas de medicamentos, evolução sem precedentes dos genéricos, falta de pesquisas inovadoras e a pressão dos governos e planos de saúde para uma redução nos custos com medicamentos. Do outro lado, o investimento em medicamentos de biotecnologia cria perspectivas jamais imaginadas para tratar doenças crônicas complexas como o Câncer, o mal de Alzheimer e o Diabetes.

startimage

Leia o resto deste post »

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: