Posts Marcados telemedicina

Como a tecnologia está mudando a relação e os cuidados com o paciente na medicina?

O avanço na tecnologia individual está construindo o caminho para uma nova era em saúde. Este processo está mudando a forma como as decisões médicas são tomadas e como os tratamentos são administrados.

A idéia do vídeo How is technology changing the healthcare sector? (abaixo) é justamente explicar, em linhas gerais, esta crescente tendência, onde a gestão remota dos cuidados com o paciente permitirá o tratamento mais rápido, efetivo e com menores custos para todos os envolvidos.

tech-2.jpg

Com a ajuda de aplicativos cada vez mais sensíveis e ajustados às necessidades de médicos e pacientes, o monitoramento do paciente em casa não quer dizer menos suporte e amparo médico ou qualquer atitude de afastamento do universo do paciente, muito pelo contrário. A tecnologia não tem a pretensão de assumir o papel humano do médico e de sua equipe na gestão de um paciente.

Numa era em que, segundo o pensador Zygmunt Bauman, atravessamos um momento de absoluta instantaneidade, de relações frágeis e feitas para não durar, a humanização da medicina se mostra, paradoxalmente, um atributo cada vez mais necessário. Desta forma, a sofisticação dos aplicativos pode contribuir, e em muito, como importante coadjuvante, para a melhoria na relação médico paciente, rumo a uma medicina ainda mais resolutiva.

, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Estudo comprova melhora de pacientes com telemedicina

Pesquisadores do UC Davis Children’s Hospital descobriram que as consultas por vídeo melhoram os resultados de pacientes pediátricos em áreas rurais dos EUA

(Saúde Web, matéria na íntegra)

A tecnologia de telemedicina é um grande chamariz nos dias de hoje, mas é realmente efetiva na melhora dos pacientes? Pesquisadores dotelemedicina UC Davis Children’s Hospital dizem que sim.

Eles descobriram que as consultas via telemedicina melhoram significativamente os resultados para pacientes tratados em emergências pediátricas rurais que não possuem especialistas em pediatria. Também descobriram que um médico tem mais chance de ajustar diagnósticos e tratamentos após uma videoconferência com um especialista.

“A telemedicina é o futuro”, afirmou Madan Dharmar, professor assistente em pesquisa no programa de telemedicina pediátrica da UC Davis, e o autor do estudo. “A falta de médicos em comunidades rurais não será solucionada com o aumento de número de profissionais, mas com o aumento do número de médicos disponíveis por meio da telemedicina”. Apenas 3% dos especialistas em cuidados pediátricos críticos vivem em áreas rurais, atendendo 21% das crianças dos Estados Unidos que vivem nesses locais.

Leia o resto deste post »

, , , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: